mapa

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Satori


Satori

A iluminação é sempre vista como algo distante, o topo da montanha, a última conquista, mas eu gostaria de dizer a vocês que iluminar-se não é algo restrito apenas aos santos, aos budas, aos padres, aos maravilhosos, a iluminação está tão presente, tão próxima que as vezes pode ser tocada!
As pessoas buscam livros, religiões, dogmas, drogas, bens materiais entre outras coisas como um meio de chegar neste estado de paz interior, neste estado de plenitude. As religiões e os livros podem ajudar, mas tomem cuidado, pois podem também obscurecer suas visões.
As religiões mostram os seres iluminados como santos, como criaturas únicas, como pessoas incomparáveis, mas esquecem de dizer que você é um ser único e incomparável, as pessoas seguem os iluminados apenas os imitando, elas apenas imitam suas atitudes, pensam: "Bom, se Buda sentou com as pernas cruzadas para meditar, cruzarei as pernas também, se ele raspou a cabeça, rasparei também, assim quem sabe, imitando o que ele fez eu não consiga me iluminar também", mas as pessoas se esquecem que cada um deve abrir seu próprio caminho!
As religiões e livros são maravilhosos, nos ajudam muito, mas devemos sempre questionar e analisar se as lições são aplicáveis a nossa própria alma, muitas pessoas nem gostam de meditar, outras pessoas odeiam igrejas e ainda assim vão toda a manhã de domingo "religiosamente". Se a igreja existe para te deixar feliz, porque insiste em algo que está te fazendo triste? Você está se matando, está sufocando sua alma, está se distanciando da iluminação, ao invés de ir de encontro com ela!
Existe também outro fato importante a ser considerado, eles não querem que você se ilumine, se todos se iluminarem as igrejas não precisarão mais existir, os monges não precisarão mais existir, buda será apenas mais um, Jesus Cristo será apenas um qualquer. Então eles criam histórias fantasiosas e distorcem as palavras dos mestres, eles vieram aqui para dizer que vocês podem viver felizes, que existe algo muito melhor do que a vida que vocês levam, vieram ensinar a questionar e vocês não os questionam, vieram ensinar o amor, simples assim! E vocês complicam tudo, criam livros, criam cultos religiosos, simbolos! Isso tudo polúi, o intuito é facilitar, mas está te sufocando, isso está te matando aos pouquinhos!
A iluminação não é algo exclusivo dos seguidores das religiões, você pode se iluminar, não precisa meditar 3 anos, não precisa jejuar, não precisa rezar 5 vezes o terço, essas necessidades foram criadas pela mente humana, elas não existem de fato! O caminho que buda seguiu foi dele, siga o seu! O caminho que Jesus seguiu foi dele, siga o seu! Eles mesmos disseram isso, eles não vieram aqui para fazer imitadores, vieram passar um recado, simplesmente um recado, não vieram fundar igrejas e templos!
A sociedade teme que você perceba a verdade, eles alimentam seu ego para isso, cuidado!
Quero te dizer que você pode sentir a iluminação!
Imagine que você está meditando, ou andando, ou fazendo qualquer coisa e do nada vem um estalo!
Você se sente pleno, os pensamentos não precisam mais existir, você observa o mundo a sua volta e pela primeira vez você vê a verdade, o mundo é apenas o mundo, livre dos conceitos, livre do certo e errado, você apenas sente, não está mais julgando está livre! Livre de você mesmo, livre dos conflitos, livre de todas as suas vozes interiores, está apenas contemplando o mundo, sendo quem você é. As palavras não podem explicar este estado, mas você sente e sabe!
Depois de alguns segundos outro estalo!
Os pensamentos voltam, está tudo como antes, você não se tornou santo, não viu nenhum espírito de luz, não viu anjos, as pessoas não estão aplaudindo você por isso, mas você sabe que teve um momento de iluminação, um momento fugaz de plenitude, você se sente em paz e continua sua vida, as vezes tenta forçar outro momento como este, mas não tem como procurá-lo, ele já está em você, quem sabe outra hora ele não resolve aparecer?
Os budistas chamam isso de satori, um momento breve de iluminação! Antes de se iluminar de fato, muitos destes momentos acontecem, isso me ocorreu uma vez e eu nem sabia o nome disso, não entendi o que havia acontecido direito, mas foi maravilhoso, todos podem experimentar!
É como uma janela que se abre e permite que um pouco de luz entre, você não abriu a porta, mas já pode experimentar um pouquinho do que está para vir e repentinamente a janela se fecha!
Depois deste ocorrido, as coisas não mudaram, não é algo sagrado ou especial, é especial para quem o sente, apenas isso, mas de fato passei a ver certas coisas de outra maneira. Percebi que não preciso realizar meus sonhos para ser feliz, posso ser feliz agora, a felicidade vem de dentro, mas ainda assim continuo correndo atrás de sonhos. Não me senti superior a ninguém, foi algo natural, por melhor que as pessoas sejam, elas não são nada, ninguém é "o bom", ninguém é "maravilhoso", somos o que somos e isto basta. E percebi principalmente que existem muitas pessoas andando por aí que estão iluminadas de verdade, e que a maioria delas são pessoas comuns e até aparentemente "desprezíveis", estão invisíveis em nossa sociedade, não são líderes religiosos, as vezes são até mesmo mendigos ou pessoas muito humildes, basta olhar para o rosto deles! Talvez a total falta de esperança os tenha feito aceitar a vida como ela é! A sociedade nos cobra sucesso exterior, de modo que as pessoas bem-sucedidas interiormente são vistas como fracassados, covardes, tolos. Eles não são nada, e não sendo nada, estão livres para ser o que quiserem!
Não estou dizendo para negar o dinheiro ou abandonar seus bens materiais, isto é burrice!
Estou dizendo para compreender que o dinheiro, sua casa, seus bens, são apenas ferramentas, nada além disso, ferramentas são meios para te ajudar, utilize tudo isso sem se apegar. É como prestar mais atenção ao prato do que ao sabor da comida, é tolice!
A iluminação está próxima, esqueça seus sonhos, esqueça seus planos, pare de idealizar as coisas, desista! Desista desta felicidade falsa que nunca chega e nunca chegará! Faça um teste! Desista por 3 segundos! Esqueça os problemas, esqueça as doenças, saiba que vai morrer de qualquer forma, esqueça os sonhos de casa, carro, namoro, esqueça tudo isso, isto nunca te fez feliz de verdade, duvido que isto tenha te trazido mais bem estar do que dores de cabeça! Esqueça isso tudo por míseros 3 segundos, pare de pensar por 3 segundos, deixe a vida fluir como ela é e experimente um satori!
Depois retorne ao mundo, retorne a sociedade, continue sua vida como uma pessoa normal, a única diferença é a consciência nova! Renove sua consciência!
Você merece!
Você pode!

"Antes da iluminção,
cortar lenha e carregar água.
Depois da iluminação,
cortar lenha e carregar água." ______

"Antes de estudar o Zen, montanhas são
montanhas e água é água. Depois de vislumbrar a
Verdade, montanhas não mais parecem
montanha e água não é água. Mais tarde,
quando de atinge de verdade a iluminação, as
montanhas outra vez são montanhas, e água é
água."

4 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns César
o seu blog evolui com vc
muito obrigada pelos seus textos!
Kamilly Cordeiro

Anônimo disse...

Cara... nem sei que falar! Nossos pensamentos estão em comunhão! Além disso, escreves muito bem!

abraços,
Marcos Dementev

Jocarlos disse...

Parabéns, seus textos são ótimos e de grande ajuda, muita luz e sabedoria para ti meu irmão.

Jocarlos Goulart

Palavras de Osho disse...

Além
Apenas para além da mente há paz e silêncio. Dessa paz e silêncio nasce a sanidade. A
iluminação é o ápice da sanidade – quando uma pessoa se torna absolutamente sã, quando
atinge um ponto no qual o silêncio, a serenidade, a consciência estão permanentemente com
ela, ao andar ou dormir. Flui uma corrente de tranqüilidade, êxtase, bênção, que são a fonte de
plenitude, um alimento vindo do além.

Osho, em "Osho de A a Z - Um Dicionário Espiritual do Aqui e Agora"