mapa

segunda-feira, 15 de março de 2010

Noite negra da alma


É muito raro isso que farei agora. Resolvi escrever, não porque estou bem, mas sim, porque estão passando novamente pela noite negra de minha alma. Estou deprimido neste momento, mas a vida é assim: um dia estamos por cima, outro dia estamos por baixo. O importante é aprender a se tranquilizar nos dias ruins, aproveitar as lições que eles nos trazem, o universo é inteligente, as quedas são importantes, ensinam muito, até o dia em que não precisaremos mais cair, mas por hora, estou no chão.
O que sempre me salva nesses momentos é saber que tudo passa, por pior que seja a coisa, ela passa, também é importante saber, que ninguém vencerá essa batalha por você, eu mesmo procuro auxílio por todos os lados, a depressão nos torna carentes, mas isso não ajuda em nada, a chave para retornar a luz, está dentro do coração! É bom conversar para desabafar, mas ninguém pode viver por você e a noite negra da alma é uma experiência muito pessoal, muito íntima. Existem forças externas tentando nos derrubar a todo o momento, a felicidade não é interessante para este mundo, não do jeito que ele está. O mundo quer fracos, teme os fortes e a infelicidade nos torna apáticos e sem vida, tira nossas vontades, mas essas forças são externas, absolutamente nada nem ninguém controla sua vida e entenda por "sua vida" principalmente seu interior, a menos que você permita. O exterior é reflexo do seu interior, se ele nao vai bem, é porque existe algo por dentro que precisa ser vencido, uma vez pleno e renovado interiormente, tudo na sua vida flui, a partir de sua luz interior, você pode illuminar toda sua vida e nada nem ninguém interferirá nisso enquanto você se mantiver elevado. Sua vida é um reflexo do que você sente. Mas, a noite negra da alma chega e nos leva tudo, deixando-nos a sós com a gente mesmo, deixando a gente no nada, no vazio, se debater é inútil. Aceitar a sua situação, aceitar o vazio e o nada é o primeiro passo. Na verdade a aceitação é o primeiro passo para tudo, aceitação é amor, quem aceita não se revolta, simplesmente se centra e é neste momento que a primeira fagulha de luz aparece, segure essa fagulha, ela é a chave para fora desse vazio.
Então surge a rebeldia, não confunda com revolta, revolta é energia convertida em ódio, rebeldia é energia convertida em amor-próprio. Rebelar-se contra a situação é uma etapa essencial, é sua força interior dizendo que você, pode e será melhor do que a situação, por mais terrível que ela pareça, é seu grito interior, seu rugido, você dominando sua vida e gerando novamente prosperidade em todos as áreas, sem que nada nem ninguém possa atingí-lo, uma pessoa de bem com a vida, influencia tudo a sua volta positivamente, é inabalável, e temos esse poder.
A noite negra da alma, é justamente a ausência desse poder, a ausência de você em você.
Mas a fagulha de luz, nunca tarda a chegar!

"Mentalizar o Mal é Perigoso

Quando o homem não mentaliza o mal, o mal não lhe acontece. Deixa o mal no berço da maldade, e o mal não desgraça o homem. Ainda que o sábio conheça o seu valor, não exibe valores. Ainda que conheça a sua dignidade, não reclama dignidades. Ele conhece as suas possibilidades, por isso não exorbita dos seus limites."
TAO TE KING - LAO-TSE

Nenhum comentário: